Encontre-as

Se o destino aprouver e se o barato surgir.



Algumas pessoas só passam por nós,

mas gostaríamos que ficassem.

Passam e nos levam um pedaço,

não nos sobra nem vestígios de nós mesmos.

Não nos pedem pra levar,

mas não estão nos assaltando.

Entregamos de bom grado

e até empurramo-lhes güela abaixo.



Estendemos a mão e continuamos tocando o vazio

depois que se vão.

E tudo continua brilhando cintilante

por um longo instante.

Que não passa de um instante.

2 comentários:

André Miranda disse...

As pessoas nos levam um pedaço...mas também deixam um pedaço delas mesmas...lindo texto...a algum tempo não passava por aqui...quero ver se este ano consigo visitar mais meus amigos blogueiros.

Um grande abraço.

É comigo??? disse...

Acho que deviamos ser mais práticos!É interessante como a ilusão nasce de dentro, e o conforto do instante nos leva muito mais do que o valor merecido!

Muito bom!

Postar um comentário